IMMIGRANT – New country. No job. No cash.

Ok, este filme já me é mais familiar, não por ser emigrante, mas por reconhecer e ter família que optou por emigrar. Mesmo não sendo emigrante, muitos são os que estudam e trabalham muito para alcançar um objectivo, no entanto nem sempre acontece. Podem acabar como a protagonista desta curta-metragem. Sem  país, sem trabalho e sem dinheiro. Mas também não é por isto que me é familiar. Continue reading